terça-feira, 3 de novembro de 2015

Sol

Os olhos que guiam meus pés,
As mãos que guiam minha pele,
Os dedos que me levam pra dançar,
A certeza que traz a segurança da realidade.

Aqui ou do outro lado há um sol
Que aquece meu mundo
Secando minha casa afundada por um rio.
Balança as decisões e coloca tudo no lugar.

A voz que me traz de volta, 
Um encontro que faz acontecer
No fogo que faz aquecer, 
Que penetra a pele.

Faz eu me sentir em casa,
O ninho onde posso pousar.
O improviso que guia o futuro,
O sorriso onde quero estar.

É de quem posso pegar meu brilho
Para a noite iluminar
E imaginar
Nosso encontro em outro lugar.

(Giuly Biancato - 17 anos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário